terça-feira, 10 de abril de 2007

Um avião e a nossa imagem

Desconfiei logo, na minha leitura matinal dos jornais. Dois aviões da Air India foram forçados ontem a aterrar de emergência no Aeroporto Internacional de Deli (IGI), sendo que o trem de aterragem de um deles sucumbiu.

Lembrando-me desta notícia (EuroAtlantic Airways serve Air India) e encontrando esta afirmação de um passageiro de um dos aviões acidentados ("This Aircraft was 16 years old from Portugal"), parece confirmar-se a minha suspeita: o segundo avião (não este na fotografia) é um dos que a nossa EuroAtlantic Airways disponibilizou à transportadora aérea indiana recentemente. Salvo erro, vinha de Dubai (AI-736) e era um Boeing 767.

Assim, com negócios da China e aviões em terra (literalmente), a nossa imagem na Índia não vai longe. Para nosso bem, ainda bem que a imprensa indiana (ainda) não cobriu este assunto da proveniência dos aviões e as suas condições de segurança.

3 comentários:

  1. Observador11:04 da manhã

    Que esteja a gostar de passar uma boa temporada na Índia, tudo bem. Agora, não denigra o nosso querido Portugal!!

    ResponderEliminar
  2. Se passarem os golos de trivela do Quaresma aí na India, de certeza que o nome de Portugal fica outra vez limpo!
    Baroni
    PD: Mas se descobrem o caso "Apito Dourado" provavelmente já nao quererao ter nada a ver com os portugueses... É uma questao de perspectiva.

    ResponderEliminar
  3. Antunes Ferreira, Lisboa5:56 da tarde

    Ai não vai, não. Ou melhor, não vai porque a Air India vai ganhar juízo na cabeça... Continuamos na senda de «negócios» estranhíssimos. O volfrâmio durantea II Guerra; o melão para a Dinamarca; as sardinhas em lata para o Leste. E nem falo no que ia para as ex-colónias - e ainda vai...

    Podemos ser ciganos - mas tanto não. Mas, note-se: ainda temos muita gente boa e honesta em Portugal. Namaste.

    ResponderEliminar