segunda-feira, 16 de abril de 2007

Sinal dos tempos

Um importante sinal do tempo num texto de uma das cientistas políticas indianas mais capazes, Grupreet Mahajan, directora do Centro de Estudos Políticos da JNU. As suas afirmaçoes deixam enquadrar-se na crescente afirmação da sociedade civil indiana e o seu consequente choque com uma classe política bastante retrógada e conservadora em termos de debate público e cultura democrática. Na imprensa, o movimento encontra expressão no semanário Tehelka.

1 comentário:

  1. Observador1:36 da manhã

    Essas elites não representam mais o povo trabalhador e camponês que os políticos corruptos e ladrões. Tirando a elite governamental que dirige o país a nível federal, os restantes políticos estaduais são gente da "raia miúda", muitos deles nem sabem ler nem escrever, como por exemplo, a ex Ministra-Chefe do miserável estado do Bihar que era analfabeta. Coisas destas só acontecem na Índia... Aliás na Índia acontece de tudo, o que não acontecer na Índia, não acontece em mais lado nenhum.

    ResponderEliminar