sexta-feira, 14 de janeiro de 2005

A colega (II)

Vou com o Chacate a Ganga Dabha, a esplanada nocturna da JNU em que se luta com as vacas por um lugar sentado e se pisa em pequenos ratitos roendo restos de apas. Passa já da meia-noite.

Toca o telemóvel. Não reconheço o número.

- Hello?

- Hi Tino!

- Hi... who is speaking?

- I think you are very cute, you know? (risos de uma segunda voz feminina ao fundo)

- What? Thank you. Who is speaking?

- Where are you?

- I am at Ganga Dhaba.

- (silêncio e uma exclamação de surpresa ao fundo) ... What are you doing?

- Will have dinner. Can you tell me who is speaking?

- P…

- Who? Do I know you?

- Yes, you are in my class. You don't remember me?

(fico inseguro, pode ser uma amiga a que eu supostamente devia ter reconhecido imediatamente a voz)

- P...? Ok, but which P…? From Rajasthan?

- No, the other one. From A…

- Ah… ok!

- Can I come and have dinner with you?

- (Estou farto) No, I'm sorry, have to go now.

- Wait please (oiço várias vozes ao fundo, de pessoas).

Ao meu lado, enquanto ando na esplanada, vejo o pequeno estabelecimento com várias cabines telefónicas. Penso um segundo. Vejo que o número de que me ligam é de dentro da universidade, rede fixa. Decido arriscar. Entro.

- What are you doing?

- Nothing, just walking with my friend.

Estou dentro do estabelecimento. Só há uma cabine a ser utilizada, por duas raparigas, de costas para mim.

- Hey, why are you so silent?

- Look back (a minha cara está muito séria, não sei porquê)

Elas viram-se. Mas nem chegam a olhar-me na cara. Percebem antes de terem terminado o movimento, interrompem-no, voltam a mostrar-me as costas, mas agora um pouco agachadas.

(a chamada é interrompida)

Abro a porta da cabine (de vidro). Elas não se voltam.

- It's ok, I know it was you calling me. Very funny. But next time please give your real name.

Elas não se viram. Teclam estonteantemente números ao acaso, interrompem as ligações, recomeçam, em pânico visível. Não se viram. Não me falam.

- Good night.

Saio, vou ter com o Chacate que me espera para jantar apas e caril.

4 comentários:

  1. heheeeeeeeeeeeeeee
    OLHÁ PLANTAÇÃO DE GRELOOOO!
    tino dixit

    ResponderEliminar
  2. Ai, ai, ai que já andas a partir corações ai pela faculdade;))
    Parabéns pelas notas!
    Beijinhose bom fim de semana.
    Charlotte

    ResponderEliminar
  3. Sex Bomb, sex bomb...la la la... lol

    A partir corações Mr. ?! Isso não se faz !
    Ai ai ai...agora como é que vão ficar as moças ??? Traumatizadas...

    Tou a brincar !!!!

    Beijocas,

    Angediva.

    ResponderEliminar
  4. Quem diria que o Tino, ilustre fundador do inesquecível "Der Adler" (recordado há dias numa rua do Bairro Alto), viria a ser India´s most wanted guy?
    De facto na Dsl não te valorizavam...mas agora tiras a barriga de misérias, não é verdade? heheheh
    Beijinhos de uma fã do teu blog, que só hoje se assume.

    Rita O.

    ResponderEliminar